indulgencia

Confessamo-nos! Somos todos penitentes – O Pecado da Indulgência

Indulgência, perdão de uma falta, bondade, que desculpa o que é censurável ou importuno,  remissão dos pecados concedidos pela Igreja, segundo o Aurélio.

A compra por indulgência, foi estudada pela consultora Faith Popcorn e se caracteriza pela busca por sensações gratificantes antes do senso de utilidade ou necessidade, tal como uma recompensa acessível.

Não posso ir a New York, mas posso ir ao Rio de Janeiro, não posso comprar um produto da Mac, mas posso comprar do Boticário, não posso comprar Zara, mas posso comprar Renner…

Quando vamos ao Shopping ou acessamos as lojas on-line, na maioria das vezes não há o intuito de comprar, vamos pesquisar novidades, passear, encontrar amigos, olhar vitrines…

Grande parte das compras é motivada pela consolação e recompensa, o “Eu mereço!”, além das emoções como ansiedade e carência estarem associadas ao ato.

Frustradas por motivos diversos e sem saber ao certo o que fazer para amenizar a dor, procura-se algo ao alcance, nem sempre do bolso, que proporcione prazer, felicidade, satisfação e relaxamento.

Sob a tentação da indulgência, mas em tempos de maior controle das finanças, a demanda se direciona a produtos mais acessíveis, mas que nos seduza da mesma forma.

Algumas marcas e produtos possuem maior apelo, como os acessórios, o que é complemento passa ser artigo principal, produtos direcionados a compras por impulso, produtos genéricos e, as compras online são forte aliadas.

Esteja preparado para receber pecadores! Analise o perfil do consumidor através de hábitos, usos e costumes.

Sempre incremente com novidades o mix de produtos adequando as faixas de preços, não se esqueça de analisar o tempo de giro dos produtos e comunique. A vitrine, on-line ou física, é uma das melhores formas de atratividade, produto que não atrai, deve ser trocado rapidamente.

Burle a CRISE e CRIE!

No Comments

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.